GIRLSPT.COM - Cursores Animados
Sexo é Saúde: Novembro 2009
 

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Luana Matos Recebendo o Seu Kit



Continue lendo...

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Vencedora do Sorteio



Continue lendo...

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Fotos



Quer vê todas as fotos acesse o nosso perfil no orkut, seja nosso amigo todas as fotos estão lá.

Continue lendo...

MULHER DOS 300 ORGASMOS

Mulher dos 300 orgasmos acha homem incansável ideal




É um prazer anunciar esta notícia. A britânica Micelle Thompson, de 43 anos, que sofre, ou quase isso, com uma doença que a faz ter cerca de 300 orgasmos por dia, encontrou alguém para compartilhar a cama e não sair mais dela. O felizardo chama-se Andrew Carr, um sujeito pacato e boa praça que consegue fazer sexo com Michelle pelo menos dez vezes ao dia.
Não foi fácil achar alguém à altura da disposição de Michelle. Andrew tem 32 anos, fôlego de atleta olímpico, e, segundo ela, “um amor de pessoa”. O jornal britânico News of The World estampou em suas páginas que a moça, portadora da Síndrome da Excitação Persistente, está feliz da vida.

Em entrevista ao jornal, Michelle não escondeu a felicidade:
- Ele é a solução para meus problemas, o homem dos meus sonhos. Já perdi muitos namorados e até empregos por causa da minha condição sexual.Estou no céu.
Michelle tem quatro filhos – mas já pensa em morar com Andrew, que era seu vizinho em Nelson, cidade de 30 mil habitantes no centro-oeste da Inglaterra. Hoje, diz Michelle, está um pouco difícil conviver com ele. É que Andrew mora do ouro lado da rua. Quando bate aquela vontade de namorar, ela precisa correr para encontrá-lo.
Com a união e a vida na mesma casa, resta agora a Michelle e Andrew comprar um belo quarto com isolamento acústico.
 
http://www.correiodopovo-al.com.br/v2/article/curiosidades/8769/

Continue lendo...

Orgasmo Múltiplos

Saiba como dar à sua parceira orgasmos múltiplos.


Hoje em dia é uma das conversas mais falada, os múltiplos orgasmos…
A pressão que é incutida aos homens que desejam satisfazer a sua parceira, e ver a sua face contorcer-se de prazer fazendo-a vir uma, outra e outra vez, é grande… mas nos estamos cá para ajudar…
Para muitas mulheres os orgasmos múltiplos são sinónimo de múltiplo prazer e simplesmente viciantes. Os orgasmos múltiplos são orgasmos que ocorrem uns seguidos dos outros com intervalos de minutos ou alguns segundos entre eles.
Todas as formas de orgasmo são atingíveis para todas as mulheres só depende da biologia de cada uma bem como das suas preferências. Os orgasmos múltiplos não têm de existir todos os dias! É muito importante falarem e discutirem sobre os desejos dos dois, antes de simplesmente assumirem que algo é um dado adquirido. Fale com a sua parceira, ouça-a e faça-a saber que pretende satisfazer as suas fantasias de prazer das maneiras que ela mais desejar.
Ambiente

O local é a base de tudo. Ela vai ter de se sentir confortável, à-vontade e relaxada para apreciar a experiência. Prepare tudo que crie uma atmosfera agradável e relaxada: uma luz difusa, um aroma agradável, um quarto limpo e arrumado. Despenda alguns momentos consigo, tome um duche e faça a barba antes de ela chegar.

Falar também é sexy

No momento que acontecer o primeiro pico de prazer, mantenha a energia a fluir, falando com ela e adoçando-lhe o espírito com palavras descrevendo com ela o deixa louco com o seu belo corpo, e com o prazer que ela demonstra. Assim matar-lhe-á não só o corpo mas o espírito preparado para mais momentos de prazer. Seja criativo com as palavras e se acha que algumas obscenidades se adequam ao momento apimente um pouco as coisas com algumas palavras. Sempre que sentir que o corpo dela se prepara para outro orgasmo, sussurre-lhe o quanto o seu corpo é belo e desejável. Quanto mais desejável e sexy a mulher se sentir mais ela se deixará ir…

Mudanças

Conheça-a. Saiba qual o tipo de estimulação que prefere: clitorial, vaginal, ponto G; é aconselhável estimula-la da maneira que ela mais gosta. Se a sua parceira atinge o orgasmo mais facilmente através da estimulação do clítoris, depois do primeiro orgasmo, continue a insistir nessa estimulação, mas poderá variar na intensidade ou o ângulo. Mas, tenha em atenção que o clítoris, depois do orgasmo poderá ficar demasiado sensível, tendo assim de mudar o tipo de estimulação, ou simplesmente aguardar alguns momentos.

Focalize-se

A sua parceira tem de sentir que ela é o foco e a única atenção deve estar virada para ela. Desligue o telemóvel, e o tempo neste momento não existe! Se a sua parceira se sentir pressionada a probabilidade de conseguir um orgasmo diminui drasticamente, ao contrário de se sentir relaxada e confortável e sem limites de tempo. Uma maneira de demonstrar que ela é o foco das atenções, e que realmente se preocupa com ela, é fazer com que ela tenha o primeiro orgasmo antes da penetração, passando a sua satisfação para segundo plano, depois dela se sentir satisfeita é a sua vez!
O objectivo é a satisfação da sua parceira, não a satisfação do seu ego. Oiça a sua parceira, ou fale com ela, não assuma que sabe tudo.

http://cromossomay.com/artigos/como-lhe-dar-orgasmos-multiplos


Continue lendo...

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Pompoarismo

A nova sensação do momento é a técnica do pompoarismo. Essa prática é uma técnica milenar oriental tem transformado mulheres em “senhoras do sexo”, recuperando sua auto-estima e o prazer, principalmente em relações desgastadas pelo tempo.
O pompoar é proveniente do oriente, onde é praticado em muitos países com a finalidade de prolongar e intensificar o prazer durante o ato sexual.
No início do nosso século, gueixas japonesas e prostitutas tailandesas usavam a técnica para proporcionar mais prazer aos seus amantes. Treinavam suas vaginas com as contas de seus colares, percussoras das atuais Ben Wa, bolinhas orientais usadas para treinar os músculos vaginais.
Obedecendo a um programa de exercícios diários, executados em casa, você irá transformar sua capacidade muscular vaginal, melhorar sua saúde íntima - protegendo a região pélvica contra os males provenientes do afrouxamento muscular, como a temida incontinência urinária - e aumentar a energia vital. Ela ensina três exercícios básicos que podem ser feitos diariamente, mas o ideal é você fazer um curso de pompoarismo e tornar-se uma expert no assunto!

http://www.corpoativo.com.br/sexo1.









Continue lendo...

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

A dieta do sexo…


Sexo é a maneira mais eficaz de perder peso!!!

                                 Veja quantas calorias você pode perder durante uma transa…



Tirando a Roupa


Com o consentimento dela………………………….10 Cal
Sem o consentimento dela………………………….190 Cal



Abrindo o Sutiã


Com as duas mãos …………………………………… 8 Cal
Com uma mão……………………………………… 32 Cal
Com uma mão, sendo espancado por ela ……. 107 Cal



Colocando a Camisinha



Com ereção………………………………… …………….6 Cal
Sem ereção………………………………… ……………. 644 Cal



Na hora da Transa



Tentando encontrar o clitóris………………………. 12Cal
Tentando encontrar o ponto G………………………13 Cal
Tentando fazer ela virar………………………………. 348 Cal



Posições


Papai e Mamãe ……………………………………….12 Cal
Frango Assado………………………………………. 20 Cal
Peão do Boiadeiro……………………………………89 Cal
69 deitado……………………………………………..10 Cal
69 em pé……………………………………………….912 Cal



Após o Orgasmo



Ficar na cama abraçadinho…………………………….. 18 Cal
Virar de lado………………………………………………36 Cal
Explicar para ela por que virou de lado ……………814 Cal



Tentando dar a “Segunda”
Se você tem de 16 a 19 anos…………………………….12 Cal
Se você tem de 20 a 29 anos…………………………….38 Cal
Se você tem de 30 a 39 anos…………………………….112 Cal
Se você tem de 40 a 49 anos…………………………….326 Cal
Se você tem de 50 a 59 anos…………………………….973 Cal
Se você tem acima de 60 anos …………………………2.438 Cal



Tentando dar a “Terceira”


()*&$#@¨%%…………………10 mil Cal (aproximadamente pois são raros os casos que tiveram êxito)



Colocando a Roupa


Colocando a roupa calmamente……………………..32 Cal
Com pressa de se mandar ……………………………. 96 Cal
Com o marido dela batendo na porta …………….. 2.438 Cal


Viu como da pra emagrecer é só fazer do jeito certo!!



Continue lendo...

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Doenças Sexualmente Transmissíveis

HPV

Conceito

Infecção causada por um grupo de vírus (HPV - Human Papilloma Viruses) que determinam lesões papilares (elevações da pele) as quais, ao se fundirem, formam massas vegetantes de tamanhos variáveis, com aspecto de couve-flor (verrugas).
Os locais mais comuns do aparecimento destas lesões são a glande, o prepúcio e o meato uretral no homem e a vulva, o períneo, a vagina e o colo do útero na mulher.
Em ambos os sexos pode ocorrer no ânus e reto, não necessariamente relacionado com o coito anal.
Com alguma frequência a lesão é pequena, de difícil visualização à vista desarmada, mas na grande maioria das vezes a infecção é assintomática ou inaparente (sem nenhuma manifestação detectável pelo paciente).

Sinônimos

Jacaré, jacaré de crista, crista de galo, verruga genital.

Agente

Papilomavirus Humano (HPV) - DNA vírus. HPV é o nome de um grupo de virus que inclue mais de 100 tipos. As verrugas genitais ou condilomas acuminados são apenas uma das manifestações da infecção pelo virus do grupo HPV e estão relacionadas com os tipos 6,11 e 42, entre outros. Os tipos (2, 4, 29 e 57) causam lesões nas mãos e pés (verrugas comuns). Outros tipos tem um potencial oncogênico (que pode desenvolver câncer) maior do que os outros (HPV tipo 16, 18, 45 e 56) e são os que tem maior importância clínica.
O espectro das infecções pelos HPV é muito mais amplo do que se conhecia até poucos anos atrás e inclui também infecções subclínicas (diagnosticadas por meio de peniscopia, colpocitologia, colposcopia e biópsia) e infecções latentes (só podem ser diagnosticada por meio de testes para detecção do virus).
Alguns trabalhos médicos referem-se a possibilidade de que 10-20% da população feminina sexualmente ativa, possa estar infectada pelos HPV.
A principal importância epidemiológica destas infecções deriva do fato que do início da década de 80 para cá, foram publicados muitos trabalhos relacionando-as ao câncer genital, principalmente feminino.

Complicações/Consequências

Câncer do colo do útero e vulva e, mais raramente, câncer do pênis e também do ânus.

Transmissão

Contacto sexual íntimo (vaginal, anal e oral). Mesmo que não ocorra penetração vaginal ou anal o virus pode ser transmitido.
O recém-nascido pode ser infectado pela mãe doente, durante o parto.
Pode ocorrer também, embora mais raramente, contaminação por outras vias (fômites) que não a sexual : em banheiros, saunas, instrumental ginecológico, uso comum de roupas íntimas, toalhas etc.

Período de Incubação

Semanas a anos. (Como não é conhecido o tempo que o virus pode permanecer no estado latente e quais os fatores que desencadeiam o aparecimento das lesões, não é possível estabelecer o intervalor mínimo entre a contaminação e o desenvolvimento das lesões, que pode ser de algumas semanas até anos ou décadas).

Diagnóstico

O diagnóstico é essencialmente clínico (anamnese e exame físico). Eventualmente recorre-se a uma biópsia da lesão suspeita.
Tratamento

O tratamento visa a remoção das lesões (verrugas, condilomas e lesões do colo uterino).
Os tratamentos disponíveis são locais (cirúrgicos, quimioterápicos, cauterizações etc). As recidivas (retorno da doença) podem ocorrer e são freqüentes, mesmo com o tratamento adequado.
Eventualmente, as lesões desaparecem espontaneamente.
Não existe ainda um medicamento que erradique o virus, mas a cura da infecção pode ocorrer por ação dos mecanismos de defesa do organismo.
Já existem vacinas para proteção contra alguns tipos específicos do HPV, estando as mesmas indicadas para pessoas não contaminadas.

Prevenção

Camisinha usada adequadamente, do início ao fim da relação, pode proporcionar alguma proteção. Ter parceiro fixo ou reduzir numero de parceiros. Exame ginecológico anual para rastreio de doenças pré-invasivas do colo do útero. Avaliação do(a) parceiro(a). Abstinência sexual durante o tratamento.
Em 2006 foi aprovada pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) a utilização da Vacina Quadrivalente produzida pelo Laboratório Merck Sharp & Dohme contra os tipos 6,11,16 e 18 do HPV, para meninas e mulheres de 9 a 26 anos que não tenham a infecção. Esta vacina confere proteção contra os vírus citados acima, os quais são responsáveis por 70% dos casos de câncer do colo do útero (tipos 16 e 18) e 90% dos casos de verrugas (condilomas) genitais (tipos 6 e 11).

http://www.dst.com.br/pag05.htm

Continue lendo...

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Sexo tântrico



O Tantra é uma filosofia matriarcal que Surgiu na Índia, há 5 mil anos, onde a mulher é considerada uma divindade. Em sânscrito, Tantra significa “o que conduz ao conhecimento”.
O sexo tântrico é uma forma de adiar ao máximo o orgasmo, para obter prazer prolongado. Segundo os praticantes, este é um processo que vai elevar o nível do sexo, segurando o orgasmo cada vez mais. Toda a energia retida, quando liberada, será uma explosão nuclear. Adeptos à prática dizem ter conseguido até 24 horas de contato sexual ininterrupto.
O tempo de uma relação com sexo tântrico deixa as pessoas “comuns” de queixo caído, já que a média brasileira é de 15 minutos para se atingir o ápice. Para se iniciar na prática do prazer sem limites, não importa a idade nem as condições de saúde. O que se pede é para que o pretendente não tenha vícios, ou seja, não beba, não fume e não tome drogas. O consumo de carne também é condenado.
Para quem quer se aventurar nesse antigo mundo regido pelo prazer pode se inscrever em cursos, que além das aulas teóricas, dão exercícios práticos. Um deles chama-se mula bandha e consiste em fortes contrações sucessivas no ânus e na uretra. É o mais básico de todos e pode ser feito em qualquer lugar, a qualquer hora. Quanto mais, melhor.
Todo esse sacrifício vale a pena. Os benefícios trazidos não são só sexuais. Segundo os praticantes, devido a toda energia retida no organismo, a qualidade de vida melhora, a criatividade é estimulada e o rendimento físico aumenta, aumentando principalmente a expectativa de vida.
O método tântrico está longe de ser um anticoncepcional. Muito pelo contrário: a circulação de hormônio dispara e a libido também. Conseqüentemente, aumenta a fertilidade. Embora a pílula atrapalhe o desenvolvimento dessa atividade, a camisinha não faz diferença nenhuma.
Então, mesmo para o adeptos dessa forma de prolongar o prazer, não existe desculpa: a camisinha tem de ser usada!

Continue lendo...

terça-feira, 3 de novembro de 2009

7 Alimentos que Aumentam o Apetite Sexual

7 alimentos para você consumir e aumentar
sua vontade na hora H.

                           7. Café










                                                                                   6. Suco de Laranja


                                                                        
                                                                                                       5. Fígo











             4. Nozes











           3. Salmão



                                                                                        2. Bife











                              
                                                                    1. Chocolate


Continue lendo...

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Continue lendo...